Logo

Please Wait ...
0%

Logo

FAQ

Está com alguma dúvida sobre o surdodesporto brasileiro e a CBDS? Aqui você encontra algumas respostas sobre os principais assuntos. Caso não tenha encontrado a resposta que deseja saber, entre em contato por e-mail: cbds@cbds.org.br


Os surdoatletas participam das Paralimpíadas?
Não, pois mesmo sendo Pessoa com Deficiência, não são considerados Paratletas. Porém, isso se deve a questões entre os Comitês Internacionais e com isso ficou decidido que a comunidade surda internacional realizasse seus próprios Jogos Surdolímpicos – o Deaflympics.

O que é Deaflympics?
O Deaflympics, Surdolimpíadas em tradução livre, é um evento multidesportivo internacional, organizado pelo ICSD – Comitê Internacional de Esportes para Surdos, exclusivo para as pessoas com deficiência auditiva.

O atleta com surdez unilateral pode participar? Atleta com implante coclear? Atleta que não sabe língua de sinais pode participar?     
– Atleta com surdez unilateral não pode participar, pois deve ter a perda auditiva bilateral de a partir de 55 decibéis em seu melhor ouvido.
– Atleta com implante coclear (IC) pode participar mas com ressalvas, desde que faça um exame de audiometria, conforme regulamento do ICSD.
– Atleta que não sabe língua de sinais pode participar mas desde que tenha a perda auditiva de a partir de 55 decibéis em seu melhor ouvido.

Quando o atleta surdo é autorizado a participar nas competições de pessoas com surdez?
O atleta com perda auditiva deve realizar o exame de audiometria, que através deste exame que será dado um número de identificação para esse atleta que tenha a perda auditiva bilateral de pelo menos 55 decibéis no ouvido melhor, o qual o mesmo será reconhecido como surdoatleta autorizado a participar nas competições de desportos dos surdos, promovidos pela CBDS.
O atleta que tiver o implante coclear (IC) em uma orelha, ele não precisará ser testado nessa orelha, mas o audiologista deve indicar claramente em qual orelha o IC está no formulário de audiometria. Desta forma, o atleta ainda precisará ser testado no ouvido não-implantado de coclear.  
Mais informações: http://www.deaflympics.com/pdf/AudiogramRegulations.pdf

O atleta pode usar seus aparelhos auditivos ou implante coclear durante a competição de surdos?
Não. Os atletas não podem usar aparelhos auditivos ou implantes cocleares durante as competições de surdos, nem mesmo nos treinos.

Qual o termo correto para chamar os atletas com deficiência auditiva que praticam o esporte?
O ideal é “surdoatleta”, assim como paratleta (aquele atleta que faz parte do Paradesporto), mas nada impede que o termo “atleta surdo” seja utilizado.

A diretoria da CBDS recebe remuneração?
Não. Todos os membros da Diretoria, bem como os membros do Conselho Fiscal, auditores do STJD e representantes dos surdoatletas, são de caráter voluntário, sem vínculo empregatício e sem qualquer tipo de bonificação. A CBDS conta apenas com uma funcionária, a secretária contratada com remuneração.

A CBDS recebe repasse do percentual das loterias, assim como outras Confederações, Clubes e Comitês?
Não, mas este é um dos nossos objetivos e estamos trabalhando para alcançá-lo.

A CBDS já participou ou realizou algum evento com apoio do Governo Federal?
Sim, em 2017 tivemos apoio do Ministério do Esporte, via Termo de Fomento, para participarmos da Surdolimpíadas na Turquia.